quarta-feira, 11 de março de 2015

As bonecas de Kukula

Nataly (Kukula) Abramovich nasceu em uma aldeia relativamente isolada a cerca de uma hora ao norte de Tel Aviv. Seus poucos vizinhos eram em sua maioria aposentados, muitos deles sobreviventes do Holocausto. Sua imaginação infância foi alimentada pela igualdade de fantasias partes princesa e histórias de horror da Segunda Guerra Mundial. Assim, a tentativa de conciliar horror vida real com doçura vida de fantasia surge como um tema central no seu trabalho.

Depois de receber seu diploma em ilustração em 2003 a partir da Vital-Shenkar, Kukula mudou para os EUA, onde vive agora.

As pinturas dela centram em figuras de bonecas femininas, muitas vezes cercadas por objetos com significado simbólico, por vezes, claro, às vezes obscuros. A obra registra as influências de ambas as formas de arte Europeia clássica e cultura pop contemporânea. Em suas figuras Kukula recorda retratos tradicionais, mas o estilo  manifestamente é moderno e com influencia pop. Assim as composições de Kukula, visam divulgar suas lutas pessoais, mediada por uma herança multi-cultural rica.( descrição retirada do site dela http://www.kukulaland.com/)

O olhar das bonecas é o que mais me encanta nas obras da Kukula, são  melancólicos e contrastam muito com os tons pastéis que ela utiliza, outro ponto que me chamou muito a atenção foi o fato de ela criar várias bonecas com partes de xícaras, que afinal é um elemento muito presente nas obras dela.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...