domingo, 7 de setembro de 2014

Lo.li.ta

A maldição de Lolita Eu vejo ardendo em teus olhos O fogo de teu imoral desejo Vagarosamente despindo-me sonhando-me nua em teu leito Venha, me leve para teu quarto Ou minha pouca idade te impede Sou sua maldição, sua lolita O anjo maldito nas tuas preces Não quer saber o que se esconde Por trás de meu vestido de menina? Ele é como a toca do coelho branco A porta do país das maravilhas. Disseram que sou muito jovem para você Toque-me, devore-me, não tenha medo Seremos rei e rainha em nosso mundo Escondidos do outro lado do espelho Teus lábios são doces, meu velho Gosto de pavor,alcool e cigarro Mas logo teu medo vai sumir no ar Como o sorriso de um gato listrado Saboreie minha pele branca como neve Nua em teu leito como em teus delírios Meu seio pequeno ansioso e arfante Observando tua agonia e martírio Sua língua tocando os grandes lábios meus Deliciando cada pedaço de minha castidade Adentrando a caverna suja dos pecadores Com sua carne de tão diferente idade Agora estamos algemados pela luxúria Meu namorado, marido e amante eterno Somos Bonnie e Clyde dos pecadores Queimaremos juntos no pior dos infernos

-Strawberry
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...